menu
28 de fev de 2017

E então que mais uma vez eu troco o nome do blog. Indecisão talvez? Mas o que realmente acontece é que somos feitos de fases e o antigo nome encerrou seu ciclo e deu lugar para outro nome mais bonitinho, mais cheio de significados pra mim, mais a minha cara e enfim... Suspirare é tão mais leve que quase flutua.

Já fazia um tempo que não estava mais satisfeita com o blog e pensei muitas vezes em desistir de tudo, o famigerado "largar os bets" (paranaenses entenderão), mas tenho muito apego por este lugarzinho que, apesar de andar meio abandonado, ainda é o meu maior refúgio para todas as horas e uma espécie de estoque de lembranças, e me desfazer dele parecia algo que doeria bastante. Aí eu pensei e repensei, li um texto da Maki que diz que nem sempre devemos apagar tudo e começar de novo, que as vezes "o segredo, então, está em talvez deixar de lado essa vontade de fazer de novo e só buscar por um fazer diferente" e decidi fazer diferente. Com o mesmo sentimento, com o mesmo amor, mas diferente, entende?

Sempre quis que o blog fosse um lugar onde eu pudesse deixar minha alma bem transparente, abrir as feridas, soltar a voz e encher o mundo com as minhas palavras, mesmo que quietinhas. Não vou dizer que agora está perfeito para isso, que eu vou ser mais intensa e frequente por aqui, mas digo que estou satisfeita, que no momento isso aqui tá lindo e me sinto como um artista olhando pra sua obra, tô bem apaixonadinha sim. 

Enfim, é isso, esse é o meu Suspirare, que dentre tantas coisas significa que dei um suspiro, que estou aliviada, que estou leve, plena e assim desejo continuar.

Do latim: Suspirar.
Respirar com sentimento
Inspirar profunda e longamente
Exprimir o que vai na alma
Alívio após um momento de tensão
Sentir saudades
Lembrar com melancolia
Desejar ardentemente
Produzir sons suaves
Soltar o seu canto


P.S. Meus agradecimentos ao Luiz Felipe que me ajudou com o desenho do banner, amei!