AINDA É TEMPO DE FALAR SOBRE RESOLUÇÕES?

Ainda é janeiro então acho que pode sim.

Eu achei que 2018 seria o ano em que eu não iria mais fazer isso, essa pequena lista que nos motiva a fazer as coisas, mas ao mesmo tempo nos frustra por muitas vezes parecer impossível de realizar tudo o que queremos. Mas como sou boa em me contrariar fui lá e fiz, já que sou a louca das listas e a verdade é que queremos muitas coisas e mexemos nossa bunda da cadeira o total de zero vezes para correr atrás desses sonhos, este post é mais um auto puxão de orelha pra eu relembrar que não basta querer, tem que ir atrás e revisar várias vezes com o questionamento: "será que eu quero isso mesmo? ou melhor: eu ainda quero isso? eu realmente preciso correr atrás disso?" Fica o questionamento, sempre fica... mas se for isso mesmo, não deixe pro ano que vem!


- Deixar o cabelo crescer e ficar livre de químicas: 2016 e 2017 foram os anos em que meu cabelinho mais sofreu desde que ele existe na minha cabeça, foram várias cores em um curto espaço de tempo, foram vários tratamentinhos pra ele aguentar tudo isso, mas agora quero deixar ele respirar, voltar à cor natural e crescer novamente.

- Voltar à academia: ou fazer qualquer outro tipo de exercício, o que não dá mais é ficar parada porque a idade meus amigos, ela chega e se não balançar esse corpinho ele vai atrofiando.

- Colocar em prática um projeto: é uma coisa muito especial, mas que ainda não vou falar sobre, é aquele negócio de que felicidade quietinha ninguém estraga né? Mas vai ser lindinho e no momento apropriado falarei.

- Ficar em paz com o guarda-roupa: a ideia inicial é fazer o total de zero compras de roupas e calçados este ano, mas se rolar de comprar alguma coisa não vou ficar me culpando e achando que falhei, o negócio é não ficar brigando com as roupas e me encontrar no meio delas.

- Aprender a costurar: ok, essa resolução já existia em 2017, mas não rolou. Ainda não sei se vai rolar agora, mas ela vai ficar aí porque é algo que eu quero muito, mas preciso de planejamento, comprar uma máquina, fazer algum curso... uma hora vai.

- Cozinhar mais: vejam bem, eu trabalho com isso, eu vejo pessoas cozinhando o dia todo, eu faço compras, planejo cardápios, etc o dia todo e quando chego em casa o que menos quero ver na minha frente é a cozinha, porém eu gosto de cozinhar e modéstia a parte eu gosto muito da comida que eu faço, estou tentando cozinhar mais em casa, principalmente nos finais de semana e tentando aprender receitinhas novas porque não adianta, se você quer ser vegetariano/vegano tem que botar a mão na massa porque infelizmente o mundo ainda não está preparado para isso, um dia vai estar, eu espero, mas por enquanto do it yourself.

- Guardar dinheiro: aquela velha história: economizar, investir, parar de fazer 23466354 prestações, não gastar com bobagens e tudo isso que já sabemos, porém não fazemos porque não temos vergonha na cara.

- Pintar e decorar a casa: minha casinha é pequena, mas é o lugar que chamo de lar e quero que esse lar cada vez mais tenha a minha cara e reflita o que eu sou, ainda falta bastante, mas aos poucos ela vai ficando cada vez mais lindinha.

- Praticar sempre o minimalismo/organização: junto com o minimalismo vem a organização de brinde porque quanto menos coisas você tiver, menos vai precisar limpar/organizar, é uma belezinha e eu quero muito continuar com isso este ano e o resto da minha vida.

- Diminuir o tempo nas redes sociais: gente!! rede social é um limbo, você vai ver uma notificação e quando percebe está a meia hora rolando o feed do instagram, como é que pode uma coisa dessas?? eu não quero mais, sabe. Não estou dizendo que vou sair de todas as redes (tanto é que já me contradizendo aqui nessa resolução, em vez de sair estou entrando em novas, já que fiz um twitter no segundo dia do ano), mas quero diminuir a frequência com que acesso essas janelas para outra dimensão que sugam o tempo e a concentração aaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.

- Ler mulheres: este ano quero me dedicar a ler somente livros escritos por mulheres porque tem tanta coisa legal que não é valorizada, quero conhecer novas autoras, novas histórias, porque temos sim muito potencial. Inclusive comecei o ano lendo a maravilhosa Rupi Kaur e agora estou em Jane Austen, aceito indicações, viu?

- Cultivar uma horta/jardim: as plantas meus amigos, elas estão presentes na minha vida desde que me conheço por gente, antes mesmo até. E eu sinto muita falta de mexer na terra, de sentir cheiro de mato, eu quero morar num sítio de novo. Enquanto isso não acontece quero plantar várias coisinhas e fingir que estou na floresta.

- Castrar as gatas: eu sei, já deveria ter feito isso faz muito tempo, shame on me!

- Cuidar mais de mim: já fui uma pessoa 100% nem aí comigo mesma e isso é muito ruim porque cara, é o MEU corpo, minha morada, eu preciso cuidar. Preciso me levar mais vezes ao médico, preciso ir mais vezes na estética, mas muito além disso, preciso me levar pra passear, preciso fazer terapia, preciso respirar, preciso cozinhar pra mim mesma, preciso fazer uma tatuagem nova, preciso me amar mais, preciso me dar valor.

- Fotografar e ser fotografada: isso pode ser incluído no ítem acima, mas eu quis deixar separado porque é algo muito forte que tenho dentro de mim, a fotografia é algo incrível, eu sou apaixonada. Eu tenho uma câmera que adivinhem: está criando poeira e mofo num canto do quarto! O que eu estou fazendo da minha vida que não estou por aí com ela tirando fotos de tudo? E o que estou fazendo da minha vida que não estou deixando outras pessoas me fotografarem?

- Escrever mais o que estou sentindo: isso ajuda tanto! Mesmo que você não mostre pra ninguém, que não publique em lugar nenhum, mesmo que você escreva e depois queime a folha/delete o arquivo! Escrever é botar pra fora, é se libertar e eu preciso tanto disso quase como respirar, as palavras pra mim são inexplicavelmente um remédio.

- Terminar a pós: sinceramente, eu nem queria fazer, sabe? Não é exatamente a minha área, apesar de ser algo que eu goste, eu não sei, está sendo bem difícil gostar da pós em si e eu nem sei se vou conseguir terminar mesmo. Vou tentar, mas não vou ficar me culpando se não conseguir.

- Estar mais presente: por último, mas não menos importante: estar presente! E ser presente na vida das outras pessoas, na vida da minha família, apesar de estar longe. Ligar mais, mandar mais mensagens, dizer que eu amo com mais frequência, estar com eles sempre que der, porque a vida é curta e arrependimento não muda os fatos.

E é isso, "só" 18 metas, pra combinar com o ano. Vou conseguir realizar todas? Não sei, provavelmente não, mas só o fato de listar e desejar já é alguma coisa, já é um incentivo. Quais foram as suas resoluções pra este ano e o que você já está fazendo para alcançá-las?

8 comentários

  1. Suas metas são muito parecidas com as minhas, mas eu nem fiz uma resolução porque sei que não vou conseguir realizar quase nada. Eu também queria cozinhar mais e fazer exercícios físicos, mas minha rotina nesse ano vai ser sair de casa 5:30 e chegar 23:00, então nem rola.
    Também tenho que castrar minha gata. Estou tentando desde o ano passado, mas ela está com as plaquetas baixas. A médica disse que se operarmos ela agora existe um risco gigante de ela sangrar demais na cirurgia e não sobreviver :((
    Como dica pras suas leituras, eu sugiro a Gillian Flyn. Ela escreveu Garota Exemplar (gosto muito) e Objetos Cortantes (amo esse livro). Se você quiser uma coisa mais light, tem a Rainbow Rowell, que escreveu Eleanor & Park.
    Espero que você consiga alcançar todas as suas metas ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tadinha do seu nenê! Eu iria morrer de medo também, espero que ela se recupere.
      Obrigada pelas dicas, vou procurar sim porque por incrível que pareça só defini 4 livros!

      <3

      Excluir
  2. eu já nem faço mais metas porque depois fica aquela sensação ruim de não conseguir fazer nada do que você queria. esse ano só quero focar mais em mim e nos meus objetivos, e é isso :)

    espero que você consiga realizar tudo ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tentei não fazer, mas foi mais forte do que eu. De uma certa forma é bom ter escrito porque você pode se cobrar mais, mas sem neura também né?! Focar em si mesma é a melhor resolução <3

      Excluir
  3. Ler mulheres é uma excelente meta! Tem o projeto #LeiaMulheres <3 estou sempre botando em prática!
    E é bem verdade sobre falar dos projetos apenas quando já estão cumpridos!

    Com amor, ♥ Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero conseguir cumprir essa meta com vários livros! Obrigada pelo carinho Bru <3

      Excluir
  4. Você conhece a yoga? Pelo que você fala aqui no blog me parece tanto que você iria gostar... Eu tô tentando viver com o cabelo com pouca química, e acho um pouco difícil... e concordo sobre o que você mencionou sobre escrever!
    Eu diria que sobre a sua pós,ainda que você não curta, pense uma coisa que é muito legal: a conclusão. Quando der vontade de desistir, imagine o resultado. Só digo isso porque me arrependo de certas coisas que não terminei.
    Por fim, curti a ideia de roupas zero. Vira e mexe a gente ganha alguma, né?
    Suas metas estão legais, e desejo sorte e empenho pra ti!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ana, tudo bom com você?
    Fazer metas é bom pra gente ter um guia do que focar no ano né? Acho gostoso de fazer isso, mesmo que não se cumpra todas, pelo menos você expôs a vontade e isso já é uma grande ajuda. :)

    Gostei tanto do seu novo layout/template/design. Ficou muito bonito e minimalista ♥

    Beijins!

    ResponderExcluir